Dicas para o seu projeto de banheiro pequeno!

Mesmo que seja considerado pequeno, seu banheiro pode ser um espaço agradável!

É preciso alguns cuidados para aproveitar bem cada centímetro que ele oferece e ainda deixá-lo com uma boa decoração:

 

Invista na iluminação!

Uma das questões mais importantes é garantir que o banheiro seja bem iluminado, pois uma farta incidência de luz permite um ambiente mais aconchegante, além de dar a sensação de maior espaço.

Se você achar que a luz natural não dá conta, invista em iluminação artificial instalada de maneira indireta, para evitar o ofuscamento e o cansaço. Lembre que o espelho é utilizado para a maquiagem e para fazer a barba, então evite um foco centralizado e direcionado para baixo – o que acaba causando sombras indesejadas no rosto, frente ao espelho.

 

Cuide das paredes

Se não houver muito cuidado na decoração, optar por um tom mais escuro nos ladrilhos ou azulejos pode reforçar a sensação de pouco espaço. Mas sempre é possível fugir disto, ok? Sobre a utilização do tons escuros nos ambientes, já demos algumas dicas aqui no blog (*link). Ah! Peças maiores para o revestimento das paredes podem ser um bom caminho também. As retangulares, com 60x40cm ou 30×90, por exemplo, ajudam na sensação espacial.

 

Não se esqueça do piso

O revestimento do piso é fundamental! Além de procurar uma tonalidade ou estampas que combinem com o resto do banheiro, você pode escolher peças maiores. Providencie a instalação delas de forma diagonal, o que contribui para a impressão de alongamento.

 

Olhe para os cantinhos

Posicionar a pia ou as prateleiras nos cantos e quinas do cômodo é uma boa dica! Isso libera espaço para outros elementos e objetos.

 

Porta

Fuja do modelo tradicional, que necessita de espaço livre para que a porta seja aberta. Instale uma porta de correr em seu banheiro e não se preocupe com isso. Outra opção é inverter o posicionamento da porta convencional e jogar o sentido de abertura para o lado de fora.

 

Espelhos grandes são aliados

É isso mesmo. Eles deixam o ambiente aparentemente maior e ainda beneficiam a iluminação, devido à sua função refletiva.

 

Use os padrões

Se o banheiro tiver azulejos mais claros o uso de padrões madeirados ou de tons mais escuros pode ser uma boa escolha nos móveis. Se preferir itens e azulejos mais escuros, os padrões mais claros ficarão ótimos. Fazer um móvel planejado que comporte todos os itens de beleza, higiene e que prese pelo aproveitamento do espaço é muito importante.

 

Viu só? Mesmo com um espaço pequeno, você pode ir longe no aproveitamento do banheiro 🙂

Na medida certa!

Para facilitar a sua rotina, separamos duas tabelas bastante úteis, que podem ser aplicadas ainda em materiais como plástico e PVC.

Abaixo, você confere a tabela de medidas para abrir furos nos quais serão inseridos parafusos, de acordo com seu tamanho. Ela pode ser encontrada também no site Marcenaria Fácil:

Comentários desativados em Na medida certa!

Venha conhecer um pouco das inspirações da arquiteta Matilde Ihves na Mostra Sul Joinville 2017!

– Qual é o impacto do projeto ao usuário final-cliente?

Este projeto foi realizado para o funcionamento do Quintal Burguer & Beer dentro da Mostra Sul Joinville, então o resultado teria que atender a um público bem abrangente em questão de idade e ao mesmo tempo um público com uma expectativa muito grande por se tratar de um evento de arquitetura e decoração. O impacto do projeto é ter um ambiente aconchegante e ao mesmo tempo ousado, um espaço com várias perspectivas e detalhes para serem admirados.

– Qual foi o principal desafio?

O principal desafio foi ter um ambiente funcional dentro da Mostra, com pouquíssimo prazo para projeto e execução, que envolveu apenas dois meses de trabalho.

– Qual foi a ideia para a proposta?

A proposta partiu do fluxo da visitação e do atendimento do bar, gerando o desenho de paginação no piso, as divisórias em corda, os layouts diferenciados e a bancada em forma orgânica.

– Qual foi a sua fonte de inspiração?

O próprio nome do empreendimento que utilizamos para nomear o ambiente como Quintal Lounge Bar foi nossa primeira inspiração, trazendo a atmosfera de quintal de casa, com elementos que remetem à este cenário para compor o projeto.

— O projeto foi elaborado levando em conta o impacto ambiental ou foi idealizado com o intuito de existir uma interação com a natureza? Comente a resposta.

Por ter o tema “Quintal”, trouxemos a referência da natureza e do exterior para o ambiente interno, com a composição do painel de bambu com a iluminação destacada, a textura de madeira nas mesas e no piso, as cordas de sisal e a vegetação do paisagismo que fez toda a diferença com o suporte em grades que formavam o lounge do espaço.

– Quais materiais você utiliza normalmente em seus projetos?

Gosto de utilizar materiais de qualidade, duradouros e que consigam transmitir algo a mais do que somente sua função. Os mais comuns em ambientes internos são o mdf, aço e vidro nos móveis, além de revestimentos e acabamentos que tragam modernidade e personalidade ao ambiente.

– Porque você escolheu utilizar os produtos Arauco para esse projeto?

Por se tratar de um produto acabado e com alta qualidade, que apresenta uma superfície uniforme e de fácil higienização, importante para o preparo de alimentos, foi utilizado até nas portas vai e vem pois é um material resistente, além da textura chess dar um toque sofisticado sem ser ofuscante.

– Os produtos Arauco foram funcionais para o seu projeto?

Muito, utilizamos o acabamento Grafito da Arauco Melamina para compor a área do atendimento do bar e inclusive conseguimos montar um nicho com um quadro acima aonde são escritos com caneta giz o cardápio de bebidas servidas. Além da beleza do acabamento ainda resistiu ao uso intenso comercial.

– Com qual (s) do (s) produto (s) Arauco você se sentiu melhor trabalhando no seu projeto?

Neste projeto o acabamento Grafito foi perfeito, pois trouxe a base cinza, com o tom idêntico ao da pintura das paredes para uniformizar aquela área e ainda foi realçado pela iluminação dos nichos, contando ainda com a versatilidade de utilização no acabamento para o ar condicionado e nas portas além dos móveis sob medida.

Tendência do mercado: Cozinhas Coloridas

As cozinhas estão ganhando destaque por estarem cada vez mais coloridas. Agora, pastilhas tradicionais, tijolinhos rústicos e armários em MDF estão dividindo o espaço com azulejos coloridos e geométricos. Geladeiras, bancadas e utensílios também ajudam a colorir esse cômodo tão frequentado da casa.

Vale lembrar que as cores mais intensas ganham destaque quando são misturadas com fundos neutros. A Arauco tem padrões de cores neutras em diversas tonalidades para ajudar na sua decoração.

Quando falamos em pisos e paredes coloridos, observamos uma invasão de triângulos, quadrados, retângulos e círculos. Nesse resgate do retro, as padronagens gráficas estampam superfícies variadas rompendo com a obviedade.

Desde a combinação mais minimalista até a mistura de figuras geométricas, essa tendência deixa a cozinha ainda mais aconchegante. Seja colorida por inteiro, ou nos detalhes, a característica mais marcante das cozinhas modernas são tons intensos e combinação de cores e texturas.

E você, gosta dessa tendência? Aplicaria alguma dessas ideias? Compartilhe a sua opinião nos comentários abaixo.

Conheça um pouco da história profissional e projetos do nosso parceiro, Márcio Guerreiro!

Venha conhecer um pouco da história profissional e projetos do nosso parceiro, Márcio Guerreiro:

– Quais são suas fontes de inspiração?      

Acredito que a inspiração pode estar em qualquer lugar, com o avanço da tecnologia e a mídia digital, as coisas se tornaram muito fáceis, além de ter e administrar um grupo fechado no facebook participo de vários outros, onde a integração e postagens dos membros me serve e contribui para a inspiração, não poderia de forma alguma deixar de citar um dos mais visualizados e acessados sites como fontes de inspiração, o Pinterest.

– Qual  foi o principal desafio ao iniciar  nessa área?

Me lembro que no inicio meu grande desafio foi fabricar móveis utilizando ferramentas manuais, pois não havia recursos suficientes para investir, trabalhava por conta própria, e tive que aprender muitas coisas na raça.

– Qual a história que existe atrás de Márcio Guerreiro?

Nascido em Paranacity PR, Criado na roça até os 21 anos, fiz de tudo um pouco, trabalhei muito na lavoura, conheço o que é vida dura, aos cinco anos fui para um sítio no município de Estrela do Norte SP, onde fiquei até os 21, cansado de trabalhar na roça e afim de buscar um futuro melhor me mudei para Presidente Prudente SP, em busca de um emprego na cidade, distante dos pais e da família, morei por 8 anos em um pensionato, durante esse tempo, fiz de tudo um pouco, me lembro que trabalhava em uma lanchonete de dia e a noite em outro restaurante, só voltava para casa as 03:00 da manhã, depois eu conquistei minha casa, mudei de emprego, comecei a estudar, e foi nessa época que brotou a paixão pela marcenaria, comecei fazendo projetos no Promob, tomei gosto, parti para a área de fabricação, e desde então não parei mais, o meu sobrenome na verdade é Irineu, mas o apelido Guerreiro, vem mediante os fatos.

– Como surgiu a ideia do Canal Profissão Marceneiro?

A Ideia de criar um canal no youtube era justamente para trocar conhecimentos, passar experiências, trazer novidades, e como eu já utilizava produtos da Arauco, o meu primeiro contato antes de até mesmo haver criado o canal, e nem saber o nome a qual daria a ele, foi de procurar uma empresa que me apoiasse, a Arauco se prontificou e acreditou em meu trabalho, até hoje eu nem sei como isso aconteceu, mas o fato é que deu, e está dando certo, hoje tenho várias empresas de diversos segmentos do setor moveleiro que apoia e patrocina o Canal, começamos as atividades em Março de 2016 e pretendo fechar 2017 com 50 mil inscritos, só no Canal do youtube, minha expectativa é que ao final de 2018 o canal chegue a 100 mil inscritos, e estamos falando de público alvo.

– Quais materiais você utiliza normalmente em seus projetos?

Para criação dos móveis eu trabalho apenas com MDF, e acessórios, vidros, Espelhos.

– Porque você escolheu utilizar os produtos Arauco para os seus projetos ?

Primeiro pela qualidade do material, e segundo pela grande variedade de Padrões oferecido.         

– Os produtos Arauco são  funcionais para o seu trabalho?   

Sim.

– Com qual (s) do (s) produto (s) Arauco você   se sentiu melhor trabalhando?     

Não vejo nenhuma dificuldade, os produtos são fantásticos

– Qual (s) conselho (s) você daria para quem está iniciando na marcenaria?

Qualquer pessoa pode iniciar na marcenaria, Basta ter força de vontade, determinação e as orientações corretas, mesmo as que não tem familiaridade com assunto pode aprender, então o primeiro conselho seria buscar informação, essa informação pode ser uma técnica nova, um jeito diferente de montar aquele mesmo móvel, conhecer os novos tipos de acessórios, saber montar, e estar aberto e disposto a aprender e atualizar as novidades, isso pode ser através de cursos, ou pelo nosso canal no youtube, onde em parceria com várias empresas do setor moveleiro, temos ajudado a muitos.

O segundo conselho, além de dominar a construção do móvel, seria o marceneiro fazer um curso, para montagem de projetos em 3D, é muito comum e até mesmo uma regra o cliente pedir o projeto, muitos até terceirizam essa parte, eu não indicaria essa terceirização, além de tudo isso, dependo o programa que o marceneiro estiver usando, consegue-se até gerar plano de corte, listagem de peças a serem cortadas, quantidade de material gasto, etiqueta, listagem de compra, e até valor de venda, inclusive estaremos iniciando um curso gratuito a partir de fevereiro em nosso canal no youtube, onde vamos configurar e aplicar os recursos acima citados.

O terceiro conselho e talvez o mais importante no contexto, seria você entender bem o seu negócio, procurar o Sebrae, fazer um curso para adm da sua empresa te ajudará muito, existem várias outras dicas importantes que você pode acompanhar em nosso canal, inclusive dicas para você divulgar seus trabalhos, Marketing na Marcenaria, como lidar com clientes e por ai vai, acesse e confira todas essas dicas.

Saiba algumas dicas para planejar e decorar o seu imóvel pequeno.

Com apartamentos que podem chegar a 9 metros quadrados, algumas dicas são valiosas na hora de planejar os móveis e decorar os espaços. Separamos algumas dicas para que busca ideias:

1) Evite móveis muito grandes para não comprometer a circulação. O tamanho do mobiliário deve ser proporcional ao do espaço.

2) Tons neutros são bem-vindos, ao passo que cores escuras podem dar a sensação de que o espaço é menor. Se tiver uma parede livre, instale um espelho, pois é um recurso mais em conta e que amplia o ambiente.

3) Entre os truques está abusar de tons claros e iluminação natural, pois quanto mais simples a disposição dos móveis, mais circulação livre e aspecto de organizado o espaço terá.

4) Use espelhos em uma parede estratégica, pois tem o poder de ‘duplicar’ o espaço.

5) Para dar um toque ainda mais especial, opte por colocar cores ou texturas diferentes em uma parede específica. J

Gostaram dessas dicas? Compartilhe a sua opinião conosco!

Conheça a história e as inspirações do arquiteto Luiz Maganhoto, em seu projeto Hall de Entrada Arauco na Casa Cor PR 2017.

Esse mês, conversamos com o arquiteto Luiz Maganhoto, sobre o seu projeto Hall de Entrada Arauco na Casa Cor PR 2017. Confira a entrevista com ele:

-Qual é o impacto do projeto ao usuário final-cliente?

Luiz Maganhoto: O usuário final poderá ver um projeto diferenciado, mais conceitual. Criando e ousando em sua proposta. Uma maneira diferente de exposição do produto. Para o cliente final pensar: Se conseguimos estes efeitos e estes desdobramentos com o material…o que eu preciso será muito fácil de solucionar.

 

-Qual foi o principal desafio?

Luiz Maganhoto: O principal desafio foi dar uma solução em projeto para um hall de entrada, em forma de “T” com uma das extremidades do “T” sem saída. Subentende- se que um hall é um elemento de distribuição, que logicamente levará a outros ambientes/circulações.

 

-Qual foi a ideia para a proposta?

Luiz Maganhoto: A idéia foi justamente fazer um link entre a extremidade cega do “T” com o hall de entrada

 

-Qual foi a sua fonte de inspiração?

Luiz Maganhoto: Foi o desdobramento dos painéis do teto, trabalhando-os de forma continua e rítmica de modo a chegar no hall principal com uma proposta formal(Mesa do hall).

 

 

-Qual a história que existe atrás desse projeto?

Luiz Maganhoto: A historia de integração. Mostrar ao consumidor final(marcenaria e clientes) o quanto é possível dobrar e curvar o material no caso a chapa BP Golden, de modo a formar modulação e ritmo, dando à composição requinte e unidade.

Explorar a cor do material com as diferentes temperaturas de luz. Desde o Led com temperatura de 4000°K até 2700°K, fazendo com que o BP Golden nos mostrasse a sua escala de cores: marrom, bege escuro, bege claro e dourado.

 

-Quais materiais você utiliza normalmente em seus projetos?

Luiz Maganhoto: Gosto muito de materiais naturais e rústicos como madeira, pedras, tijolo e concreto, e claro que sejam procedentes de fornecedores certificados com o cuidado ambiental. Hoje também já encontramos diversos padrões de acabamentos fantasia que nos trazem este aspecto natural, evitando assim o grande extrativismo.

 

-Porque você escolheu utilizar os produtos Arauco para esse projeto?

Luiz Maganhoto: Pela versatilidade dos materiais, escala de cores, inovação, tecnologia e preocupação ambiental.

 

-Os produtos Arauco foram funcionais para o seu projeto?

Luiz Maganhoto: Sim, desde a formatação até a conclusão. Participa de todas as etapas de marcenaria e projeto de interiores.

 

– Quais são seus próximos projetos e desafios.

Luiz Maganhoto: Continuar a interpretar os desejos e anseios dos clientes conforme seu programa de necessidades, mas sempre com um olhar na ousadia, de modo a surpreender o cliente com soluções inusitadas.

E você, gosta da entrevista? Compartilhe a sua opinião nos comentários abaixo.

Conheça a história e as inspirações do arquiteto Gabriel Hering, no projeto Sala de visita Casa Cor SC 2016.

Esse mês , conversamos com o arquiteto Gabriel Hering, sobre o seu projeto Sala de visita Casa Cor SC 2016. Confira a entrevista com ele:

-Qual é o impacto do projeto ao usuário final-cliente?

Gabriel Hering: Uma sala aconchegante, com elementos clássicos porém materiais naturais com acabamentos rústicos como o painel Arauco padrão Rustic, lançamento na ocasião e naturais como o mármore Carrara da lareira e aparador.

 

-Qual foi o principal desafio?

Gabriel Hering: Criar uma sala de visitas impactante num ambiente de apenas 16 m², mas com pé-direito de 3,80 metros de altura.

 

-Qual foi a ideia para a proposta?

Gabriel Hering: A ideia foi uma sala aconchegante para bem receber.

 

-Qual foi a sua fonte de inspiração?

Gabriel Hering: Nossa fonte de inspiração foi o jeito de bem receber porém de maneira informal e descontraída.

 

-Qual a história que existe atrás desse projeto?

Gabriel Hering: Elementos clássicos da arquitetura original da casa compondo com a marcenaria e mobiliário com linhas contemporâneas deixando o ambiente elegante porém informal pelo uso de uma chaise como sofá principal.

-O projeto foi elaborado levando em conta o impacto ambiental ou foi idealizado com o intuito de existir uma interação com a natureza? Comente a resposta.

Gabriel Hering: Levamos em conta fatores com menor impacto ambiental como por exemplo preservar elementos existentes do imóvel como o piso e forro de madeira natural, além de algumas paredes originais com frisos de pó de ouro. Isto diminuiu a geração de entulhos e descarte desnecessário de materiais nobres.

 

-Quais materiais você utiliza normalmente em seus projetos?

Gabriel Hering: Gosto muito de materiais naturais e rústicos como madeira, pedras, tijolo e concreto, e claro que sejam procedentes de fornecedores certificados com o cuidado ambiental. Hoje também já encontramos diversos padrões de acabamentos fantasia que nos trazem este aspecto natural, evitando assim o grande extrativismo.

 

-Porque você escolheu utilizar os produtos Arauco para esse projeto?

Gabriel Hering: Já sou especificador dos produtos Arauco a algum tempo pois gostamos muito dos padrões e variedades de acabamento além do cuidado ambiental da empresa.

 

-Os produtos Arauco foram funcionais para o seu projeto?

Gabriel Hering: Os produtos foram selecionados para deixar o ambiente aconchegante e contemporâneo.

 

-Com qual (s) do (s) produto (s) Arauco você se sentiu melhor trabalhando no seu projeto?

Gabriel Hering: Trabalhamos muito com os painéis melamínicos e nesse projeto utilizamos os padrões Rustic e Gris que eram lançamento de 2016.

E você, gosta da entrevista? Compartilhe a sua opinião nos comentários abaixo.

Inspire-se: A história e as inspirações do arquiteto Gabriel Hering, no projeto Sala de visita Casa Cor SC 2016.

Esse mês conversamos com o arquiteto Gabriel Hering, sobre o seu projeto Sala de visita Casa Cor SC 2016. Confira a entrevista com ele:

-Qual é o impacto do projeto ao usuário final-cliente?

Gabriel Hering: Uma sala aconchegante, com elementos clássicos porém materiais naturais com acabamentos rústicos como o painel Arauco padrão Rustic, lançamento na ocasião e naturais como o mármore Carrara da lareira e aparador.

 

-Qual foi o principal desafio?

Gabriel Hering: Criar uma sala de visitas impactante num ambiente de apenas 16 m², mas com pé-direito de 3,80 metros de altura.

 

-Qual foi a ideia para a proposta?

Gabriel Hering: A ideia foi uma sala aconchegante para bem receber.

 

-Qual foi a sua fonte de inspiração?

Gabriel Hering: Nossa fonte de inspiração foi o jeito de bem receber porém de maneira informal e descontraída.

 

-Qual a história que existe atrás desse projeto?

Gabriel Hering: Elementos clássicos da arquitetura original da casa compondo com a marcenaria e mobiliário com linhas contemporâneas deixando o ambiente elegante porém informal pelo uso de uma chaise como sofá principal.

-O projeto foi elaborado levando em conta o impacto ambiental ou foi idealizado com o intuito de existir uma interação com a natureza? Comente a resposta.

Gabriel Hering: Levamos em conta fatores com menor impacto ambiental como por exemplo preservar elementos existentes do imóvel como o piso e forro de madeira natural, além de algumas paredes originais com frisos de pó de ouro. Isto diminuiu a geração de entulhos e descarte desnecessário de materiais nobres.

 

-Quais materiais você utiliza normalmente em seus projetos?

Gabriel Hering: Gosto muito de materiais naturais e rústicos como madeira, pedras, tijolo e concreto, e claro que sejam procedentes de fornecedores certificados com o cuidado ambiental. Hoje também já encontramos diversos padrões de acabamentos fantasia que nos trazem este aspecto natural, evitando assim o grande extrativismo.

 

-Porque você escolheu utilizar os produtos Arauco para esse projeto?

Gabriel Hering: Já sou especificador dos produtos Arauco a algum tempo pois gostamos muito dos padrões e variedades de acabamento além do cuidado ambiental da empresa.

 

-Os produtos Arauco foram funcionais para o seu projeto?

Gabriel Hering: Os produtos foram selecionados para deixar o ambiente aconchegante e contemporâneo.

 

-Com qual (s) do (s) produto (s) Arauco você se sentiu melhor trabalhando no seu projeto?

Gabriel Hering: Trabalhamos muito com os painéis melamínicos e nesse projeto utilizamos os padrões Rustic e Gris que eram lançamento de 2016.

E você, gostou da entrevista? Compartilhe a sua opinião nos comentários abaixo.

REGULAMENTO – VOCÊ E UM ACOMPANHANTE NA CASA COR PR 2017

Regulamento

Concurso cultural “Você e um acompanhante na Casa Cor PR 2017.

1. Podem participar deste desafio todas as pessoas físicas residentes no Brasil, com exceção de: funcionários da empresa Arauco, familiares e conhecidos ou funcionários da empresa de promoção do concurso.

2. O Desafio cultural “Você e um acompanhante na Casa Cor PR 2017” consiste na distribuição gratuita de prêmio, na modalidade de concurso exclusivamente cultural, dispensado de autorização, nos termos do art. 3º, inciso II da Lei 5.768/71, devidamente regulamentado pelo art. 30 do Decreto 70.951/72.

3. O Desafio é promovido pela empresa Arauco, com sede na Av. Iguaçu, 2820 – Rebouças – 80.240-31, inscrita no CNPJ sob o nº 76,518.836/0001-44.

4. Para a participação neste concurso não é exigida a compra de qualquer bem, direito ou serviço da empresa promotora ou de terceiros.

5. O concurso tem início em 22/05/2017, e termina às 23 h do dia 26/05/2017. Não serão aceitas interações enviadas depois desta data.

6. Para participar deste concurso, basta responder à seguinte pergunta: “Quem você levaria à Casa Cor PR 2017 e por quê?” no mural da Fan Page da Arauco do Brasil no Facebook com uma resposta criativa e inovadora.

7. O autor da resposta mais criativa, ganhará um par de convites para o evento denominado “Casa Cor PR 2017”.

8. O vencedor deve retirar seu par de ingressos quinta-feira, 01/06, ou sexta-feira, 02/06, na Arauco Corporativo (Avenida Iguaçu, número 2820 – 2 andar), das 9 às 17h. Retirar com Ricardo Faccin ou Giovana Silva.

9. A Arauco não será responsável por: participações perdidas, apresentadas fora do prazo, incompletas, inválidas ou de caráter confuso; transmissões deficientes por via eletrônica ou por falhas elétricas de qualquer espécie, incluindo o mau funcionamento eletrônico de rede, hardware ou software; qualquer erro humano, técnico ou de qualquer outra natureza que possa surgir ao processar as participações na Fan Page.

10. A empresa Arauco reserva-se o direito de, na eventualidade de este concurso não poder ocorrer por qualquer razão, adiá-lo, modificá-lo ou alterá-lo, a fim de garantir a lisura e correção do concurso. Suas decisões são finais e irrecorríveis.

Página 1 de 1212345...10...Última »